Refluxo em bebê

Resolvi relatar esse probleminha de refluxo que minha filha Bárbara, atualmente com três meses e dezoito dias, teve no seu segundo mês. Ela havia vomitado algumas poucas vezes no primeiro mês, o médico que fez sua primeira consulta, com quinze dias,  disse que só receitaria remédio anti refluxo se caso ela não estivesse ganhado peso, e recomendou observação; e assim fizemos.

No segundo mês ela passou a vomitar com mais frequência, um jato de leite era lançado a meio metro de distância dela.  Embora ela continuasse ganhando peso, resolvemos procuramos ema médica que receitou Domperidona, porém, nossa filha não aceitou, ela vomitava imediatamente após tomar o medicamento, e, obviamente, vomitava o medicamento e o leite que a havia alimentado. Tentamos por dois dias, mas não conseguimos.

Aí nos lembramos que ela era gulosinha desde a noite de seu nascimento, começamos então, a fracionar suas mamadas. Isso porque algumas vezes ela dormia após mamar dez minutos aproximadamente, que nos leva a crer que ela estava satisfeita, outras vezes ela ficava irritada e chorava, mas parava ao trocar de mama e logo dormia, nos levando a crer que aquela mama já estava vazia; porém, algumas vezes ela não dormia e não se dava por satisfeita, queria sempre mais leitinho.

Bárbara em casa 2Atualmente sempre que ela excede o tempo de dez minutos, deixamos mais uns três minutos, no máximo, então ela sai do colo da mãe e vem para o meu, canto alguma música e ela imediatamente para de chorar e fica calminha. Quando eu não estou em casa minha esposa tira ela do peito e anda, e conversa, com ela nos braços pela casa, então em mais dois ou três minutos ela esquece o quanto ela gosta de mamar.

É bom deixar claro que ela está ganhando peso e sempre que acorda de madrugada sussurrando algo que não entendo,  eu me levanto, pego-a nos braços e levo até a mamãe, aí ela chora um pouquinho, minha esposa acorda e dá mamá para ela. Depois de mamar, ela fica meia hora em pé nos braços da minha esposa que me avisa para que eu a leve de volta ao berço que está ao lado da nossa cama (ao meu lado).

Já estamos próximo do quarto mês e nada de sustos com refluxo ou vômitos, graças a Deus!

Espero que, se você tem um bebê que está passando por isso, não substitua o médico pela nossa experiência, mas que ela seja um acréscimo na tua própria.

Que Deus dê saúde ao seu bebê e sabedoria a você, e o que nos desejamos.

Contribua deixando seu relato abaixo.

Anúncios

Comentários e perguntas - acrescente sua cidade e estado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s