Bucha do eixo traseiro do Peugeot 206

O eixo traseiro do Peugeot 206 tem um conjunto de rolamentos que se desgasta naturalmente provocando vibrações nas rodas traseiras e danos aos pneus (descamação lateral), podendo danificar o próprio eixo, pois, os rolamentos são de metal. Pesquisei sobre o assunto e concluí que a melhor solução é comprar as buchas de náilon que substituem os rolamentos de metal, os preços entre rolamentos e buchas incluindo a mão de obra são parecidos, obviamente variando entre profissionais diversos. A grande vantagem das buchas está na facilidade em fazer o serviço, desde que se tenha as ferramentas e um manual. Tenho as ferramentas e o manual está disponível na página de uma empresa paulista que vende as buchas. Descrevo abaixo o roteiro dos procedimentos que eu fiz e uma relação das ferramentas que utilizei em cada um deles, porém, preciso deixar claro que não sou um profissional do ramo, portanto, o texto exposto não tem carácter de orientação técnica, tratando-se apenas de um relato pessoal.

A medida da bucha eu consegui com o gerente de um boa oficina da região onde moro e que também vende os rolamentos, da qual eu já era cliente. Ele me disse que já havia feito troca dos rolamentos em Peugeot 206 1.4 e me mostrou os rolamentos novos disponíveis na oficina; tirei a medida com uma régua e tinham diâmetro interno de 47 mm, logo as buchas teriam também esta medida. As buchas de 47 mm se encaixaram perfeitamente nas mangas de eixo direita e esquerda sem nenhuma folga.

As buchas de náilon foram compradas pela internet, paguei por depósito bancário R$ 99,00 pelas duas buchas (pretas), mais R$ 35,00 de Sedex. Vale dizer que o atendimento foi por e-mail e muito bom.

Procedimentos:

Retirei a roda do lado que apresentava maior vibração – utilizei a chave de rodas e o próprio macaco do veículo, travei as rodas dianteiras e coloquei apoio próximo ao macaco para evitar acidentes;

Soltei da manga de eixo o suporte do cabo do “freio de estacionamento” (freio de mão) – chave biela tipo L 13 mm. Soltei também o tubo do fluído de freio para não danificá-lo e o tampei com um prego pequeno envolvido em plástico para o fluido não vazar – chave de boca 10 mm;

Retirei os parafusos da parte de baixo do amortecedor, aquela que está presa à manga de eixo – chave de boca 22 mm – ela estava fortemente presa, bati um pouco com uma marreta e depois usei uma chave estriada para alongar o cabo e ganhar força;

Marquei com uma talhadeira fina a posição da manga em relação à barra estriada e ao eixo, para montar na mesma posição e manter a mesma altura entre os lados – tirei fotas das marcações para utilizá-las na recolocação das peças;

Soltei o parafuso de fixação da barra externa da manga de eixo na barra estriada (com chave estriada), em seguida, retirei a manga de eixo que fica preza ao eixo e à barra estriada do veículo. Foi necessário bater forte com uma marreta para que a peça se soltasse. A barra estriada estava travadíssima, utilizei desengripante nas estrias e esperei vinte minutos, isso facilitou muito a saída da peça;

Utilizei uma chave de boca 13 mm para soltar a barra interna que fica dentro do eixo, ela é preza à manga de eixo por uma chapa com aparência de uma uma orelha humana;

Retirei os rolamentos utilizando marreta e ponteiras finas e grossas, a capa do rolamento fica presa na manga dificultando a retirada, mas consegui soltá-las sem danificar  a manga de eixo;

Limpei a peça e fiz polimento com lixa 220 para evitar rebarbas ou ranhuras que pudessem vir a danificar ou prender. Utilizei vaselina no anel da bucha para não danificá-lo ao encaixar no eixo – esse anel está na parte interna da bucha e se souta facilmente com um palito ou pinça pequena;

Coloquei a bucha na manga de eixo sem lubrificar seu exterior e apliquei graxa no interior da bucha. Em seguida coloquei a manga no eixo observando a posição marcada e fotografada anteriormente. Recoloquei a barra interna e a conectei novamente à manga de eixo, e coloquei de volta o parafuso da manga. Reconectei o amortecedor à manga de eixo e, para finalizar, prendi o cabo do freio de mão e reinstalei o tubo do fluído de freio.

Terminada a montagem, andei com o veículo para verificar se a suspensão estava trabalhando normalmente e se o problema da vibração estava resolvido, o resultado foi positivo.

Após esse serviço já rodei aproximadamente 500 Km (18/01/14).

AMORTEL, bucha do Peugeot 206 – empresa que me forneceu as buchas via internet.

Anúncios

128 opiniões sobre “Bucha do eixo traseiro do Peugeot 206

  1. Olá, Juarez! Li seu post, tenho um peugeto 207 com o mesmo problema. Gostaria de saber como está o resultado do reparo, agora que já passou um tempo desde quando você fez o conserto. Grato!

  2. boa noite alguem teria as medidas interna e externa e comprimento destas buchas queria fazer uma para testar em meu peugeot todos falao que e bom queria testar por eu mesmo
    obrigado e tenhao uma boa noite

    • olá. entre em contato com anunciante do ML , ele irão te pedir os oito últimos números do chassi do seu carro antes de te venderem as buchas!

  3. Juarez, boa noite!

    Achei seu post muito interessante e te parabenizo pela iniciativa.

    Se você puder me ajudar um pouco mais, gostaria que você esclarecesse alguns pontos.

    Gostaria de saber se este passo à passo que você descreve se foi muito complicado, quanto tempo em média você levou para a instalação e se houve algum ponto que te causou grande trabalho ou demandou maior atenção na instalação.

    Muito obrigado

    • Boa noite, Edson!

      Muito obrigado.

      O passo a passo foi baseado no original cedido pela empresa que vende a bucha. O mais difícil foi tirar os rolamentos, precisei usar marreta e uma talhadeira com muita atenção para não danificar a manga de eixo. Para tirar a barra com estria (são duas barras finas que interligam os lados) foi preciso usar desengripante, pois a estria estava ressecada. Outro ponto difícil foi colocá-las de volta na mesma posição, pois perdi a marcação, um lado ficou mais baixo que o outro, tive que corrigir, porém foi mais fácil, pois estava engraxado e com a bucha substituta dos rolamentos.
      Em resumo, demorou aproximadamente cinco horas cada lado, sem pressa e com várias pausas, pois não sou um profissional do ramo e não estou acostumado com serviços forçados, mas valeu a pena pela economia e pela satisfação de resolver um problema, que na verdade não era tão difícil como um mecânico me disse (disse ele: “não é qualquer mecânico que faz esse serviço”) – e eu nem sou mecânico. O precinho: R$ 250,00 cada lado!

      Espero que tenha ajudado, se quiser perguntar algo mais, sinta-se em casa.

      Felicidade!

      • Gledson, boa tarde!

        Se me permite opinar, eu, como o Juarez Barcellos, também não tive nenhum problema e o meu carro esta rodando perfeitamente.
        Super indico a bucha!

        Abraço,

  4. olá amigo, um dúvida, ouvi dizer que precisa ficar engraxando as buchas. Isso é verdade ou depois de colocadas resolve o problema definitivamente?

    • Boa tarde, Gledson! Até agora, nenhum problema. Quero acrescentar que tenho transitado por um trecho de 20 Km de segunda a sexta desde junho deste ano numa estrada muito ruim (muito buraco e pedra), e mesmo assim está funcionando muito bem. Valeu apena. Futuramente se precisar trocar as buchas, certamente não terei a dificuldade que tive ao retirar os rolamentos quebrados.
      Forte abraço!

      • Obrigado pelo suporte, comprei as buchas pela internet, saiu por R$ 70,00, já veio com o manual, ainda não coloquei pq ñ encontrei graxa branca, q foi a recomendada, qnt a isso será q existe uma anti-recomendação qnt a graxa comum, pesquisei e encontrei uma graxa branca náutica, que é bastante resistente a água, é essa q devo usar? olha, tô com grande expectativa qnt a essas buchas, na concessionária me cobraram 4mil pra trocar o eixo, numa oficina especializada me cobraram 1,4mil para retirar o eixo, mandar para um torneiro e recondicionar, 2 a 3 dias o carro parado, falei das buchas e nem eu assumindo a responsabilidade eles quiseram fazer o serviço, fui em 2 lugares diferentes e foi a mesma coisa, se as buchas são boas então esse pessoal é mercenário.

        • Gledson, eu usei graxa comum (azul) para rolamentos. As buchas tem medidas de 47 mm ou de 50 mm, dependendo do carro. Nisso tem um probleminha, a autorizada não vai te dar a medida, nem a empresa que vende. Eu consegui a medida porque uma oficina me mostrou o rolamento para meu carro, então e tirei a medida com uma régua comum – foi exatamente 47 mm. Na postagem acima coloquei um link para a empresa que me vendeu as buchas. Quero lembrar que não sou mecânico ou engenheiro, apenas fiz o serviço porque pareceu-me fácil.
          Forte abraço, estou torcendo para que dê tudo certo.

  5. Comprei ontem um 206, ano 2001 e já deu para perceber que a suspensão traseira está sambada. Sua postagem já tem quase um ano. Qual sua opinião atual sobre estas buchas. Quantos quilômetros você já rodou desde o conserto?

    Desse já quero muito te parabenizar pela iniciativa de nos orientar sobre este produto. Confesso que quando pesquisei o preço de uma suspensão nova quase pensei em me desfazer do carro. Só a suspensão traseira custa 1/4 do valor que peguei no carro.

  6. eu comprei a bucha e devo colocar amanha,realmente depois de muito pesquisar as buchas sao a melhor saida,pq se vc levar no torneiro pra fazer embuchamento,pessoas relataram q com 2 anos em media estava voltando a dar problemas,e as buchas duram em torno de 2 anos tbm dependendo de quanto se roda com o veiculo,entao é melhor gastar 70,00 de 2 em 2 anos,do q 1,4 mil,em relaçao a tamanho os vendedores tiram pelo numero do seu chassi,eles tem uma tabela q sabem exatamente qual é o tamanho ideal pro seu carro,nenhuma oficina admiti q a bucha é a melhor saida pq eles perdem muito nao fazendo o serviço de levar pro torneiro,e com o passo a passo qualquer um q tenha uma noçao de apertar parafuso pode fazer.

    • Olá, Thiago. Obrigado pela contribuição.
      Use desengripante nas estrias das “barras estriadas”, vale apena, pois elas podem estar ressecadas. Atenção e paciência ao retirar os rolamentos velhos. Querendo, pode nos dizer o resultado depois.
      Forte abraço!

  7. Estou com o mesmo problema, deixei o carro (Peugeot 206 1.0 ano 2006) na oficina e o mecânico imediatamente orientou a troca do eixo.
    Pesquisando na internet encontrei estas buchas e realmente em uma primeira análise vale a pena.
    Baseado em seus comentários dei a ideia para o mecânico, que não aconselhou devido ao tempo de vida útil das buchas ser bem inferior e alertou para a necessidade de engraxar periodicamente.
    Realmente fiquei em dúvida, mas estou quase me convencendo de que as buchas é a melhor opção.

    Enfim, gostaria de agradecê-lo por explicar melhor este problema que acompanha a maioria dos portadores de veículos Peugeot 206.

    • Olá, Lucas. Trocar o eixo pode custar caro, os rolamentos resolve, mas se eles estiverem danificados ao ponto de terem danificado também o eixo, aí é que está o problema. Com relação a “engraxar periodicamente”, penso que, se as buchas precisassem, os rolamentos precisariam também; o que não ocorre. Você tem dúvida, veja abaixo o que escreveu o Flávio Cardoso.
      Forte abraço!

  8. Pessoal, sou proprietário de um 206 1.0 2001.

    Pus as buchas há pouco mais de um ano, gastei ao todo, com peça e serviço em mecânico de confiança, R$ 350,00!
    Passados doze meses, os ruídos voltaram e vejo que terei de trocá-las, serviço que farei no início de fevereiro.

    Se fiquei satisfeito? Completamente! Pois por doze meses o eixo traseiro comportou-se normalmente e as buchas aguentaram incólumes o tranco, rodei aproximadamente 15.000 quilômetros.

    Em resumo, se bem colocadas as buchas durarão um bom tempo e a relação custo-benefício ficará extremamente vantajosa, como está sendo para mim, enquanto ficar com o carro vou trocando as buchas a cada 15.000 quilômetros.

    Abraços a todos e comprem a buchas sem medo.

    • Olá, Flávio. No meu caso, tem um ano que troquei as buchas, rodei aproximadamente 20.000 Km, muitos deles numa estrada extremamente esburacada; por enquanto nenhum sinal de problema. Talvez a manga de eixo do teu carro esteja com um pouco de folga, vale a pena conferir.
      De toda forma, você está satisfeito como tu mesmo dissestes.
      Obrigado pela contribuição. Forte abraço!

      • Ótima iniciativa este post,adorei! Estou pensando em comprar um Peugeot,mas sempre tive medo deste problema de suspensão,mas com esses esclarecimentos fiquei mais confiante.fora este problema,tem mais outros comuns a estes carros?

  9. Pretendo instalar as buchas no meu carro. Mas vou procurar um profissional , já que não tenho mais tempo nem paciência para isso. Vou contribuir postando aqui os resultados. Abraços, a todos.

      • Bom dia juarez .
        quero agradecer pela ajuda que você esta nos dando obrigado.
        juarez tenho um 206 soleiul 2003 e estou com este problema no meu pug, o meu carro e freio a disco na traseira, e eu não entendo muito de mecanica.
        mais gostaria de te perguntar se quando tirarmos a manga do eixo estalar bicos de lubrificação nas mangas , será que não aumentaria mais um pouco a durabilidade da bucha.
        se auguem já fez ésta esperiência, por favor comentem .
        obrigado.

        • Olá, Eliezio.
          Acho que não daria certo porque a lubrificação da bucha é feita em seu interior (com graxa), porque lá é que acontece o desgaste da bucha, ou do ralamento, quando for o caso. Além disso, se precisar furar a manga, pode danificá-la. Quero lembrar que não sou mecânico, portanto é apenas uma opinião.
          Obrigado, Eliezio. Forte abraço.

  10. ola pode me ajudar comprei essa bucha de 47mm so serviu de um lado o outro esta sem rolamento que faz aquele barulhao e a roda ficar pulando, ums 2 anos atras botei a bucha so que durou ums 6 meses era a branquinha, agora adiquiri a preta mais antes de comprar denovo levei no torneiro gastei dinheiro e tempo durou ums 5 meses, do outro lado parece que nao encaixou devico a bucha ser menor q o eixo o mecanico tmb me disse q a bucha ficaria com uma folguinha na manga do lado q nao serviu… sera que se eu botar a de 50 q provavelmente deve ser pois ele mediu deu 50mm do lado esquerdo sera que colocada essa bucha vai resolver? o carro para com aquele barulhao que parece que desmnta? mais uma duvida a bucha que vc colocou e a mesma ate hoje??? e mais uma duvida depois de colocada andar com o carro por exemplo ums 100k/h a roda fica pulando como esta com rolamento estourado?

    • Olá, Renato.
      Quando eu estava pesquisando sobre o assunto descobri que alguns modelos de Peugeot usam medidas diferentes nos lados, mas o meu usa rolamento ou buchas de 47 mm. Não sou mecânico, mas acredito que deixar folga faz desgastar a bucha muito mais rápido. Como disse ao Matheus, o eixo tinha algumas ranhuras, mesmo assim as buchas se encaixaram perfeitamente e estão rodando até hoje (graças a Deus, pois deu um trabalhão). Já rodei mais de 20.000 Km, e estão perfeitas, sem tremedeira e sem barulho.
      Forte abraço. Espero que tenha ajudado.

  11. Olá Juarez

    Parabéns pelo post. Agora tira uma dúvida minha por favor. Instalei as buchas no eixo do meu peugeot 206, só que, notei que ele ficou um pouco duro, não ta amortecendo, fica parece pulando sobre os pneus. O teu ficou assim no começo? Achei também que o mecânico deixou a suspensão um pouco mais baixa, não sei se é por isso que fica pulando. Mas o resto ficou ótimo, parou com o barulho que fazia antes.

    Grande abraço.

    • Olá, Diego.
      Não pode ficar balançando, nem baixo demais. Pede ao mecânico para reajustar. Não vai dar muita mão de obra, as peças se soltam facilmente após a manutenção. Eu precisei ajustar duas vezes, porque deu diferença de altura entre os lados. Esse probleminha poderia ocorrer também com a troca de rolamentos, é normal, basta reajustar.
      Felicidade pra você.

  12. Eae Pessoal, já tive experiência com essas buchas… Eu acredito que é uma solução boa para quem pretende vender o carro… Pois a mesma dependendo do quanto você roda, dura no max ai 1 ano, se você planeja ficar muitos anos com o carro e seu eixo ta comido que nem o meu, tenta achar um eixo no desmanche ou alguma alternativa pra deixar da forma original… Não adianta.. eu coloquei as buchas em outubro e hoje o carro esta horrível, fazendo muito barulho, já até desanimei, já ouvi relatos de colocar graxeiras e etc.. são soluções caras… Então se vc ai ta com esse problema e pretende ficar com o carro muito tempo, faça do jeito certo, do jeito caro, caso contrário vai ter que ficar pagando mecânico e o carro não fica legal.

    • Carlos Alberto. A sua opinião me interessou. Foi a que mais confrontou, no bom sentido, o que o prezado Juarez defende. Gostaria de uma resposta sua. Tenho um 206 SW com este problema há 1 ano.

  13. Parabéns juarezbarcellos excelente tópico.
    Sou mais um premiado com o defeito do eixo traseiro do 206. rsrsrs
    Pesquisei muito sobre as buchas ou retificar o eixo. Acabei optando pelas buchas, Também vou tentar fazer em casa mesmo, Vamos ver no que dá rsrs
    Pelas contas se as buchas durarem 1 ano já estou no lucro… Par de buchas custa R$70,00 retifica do eixo R$550 +R$150 para troca se eu conseguir trocar em casa vai custar apenas R$70,00 nem que tenha que trocar todo ano rsrsrs
    Assim que chegar as buchas posto novidades!

  14. boa noite,

    primeiramente quero agradecer a vc juarez pela ajuda que tem nos dado postando algo que funcionou e com pouco custo.

    tenho uma dúvida como todos kkkkkkkkk.
    vi que existe 2 tipo de bucha uma branca e outra preta , existe uma durabilidade maior por causa da cor ?

  15. Olá, infelizmente trago más notícias, após um ano usando as buchas achei que estava tb bem por conta da ausência de barulho de carroça, mas recentemente fui fazer alinhamento e o eixo, embora tenha sido posto da forma correta, está completamente desregulado, o pneu traseiro esquerdo tá com 3,6 graus de inclinação negativa, sequer foi possível fazer o alinhamento, resultado disso, perdi um pneu. A solução q deram foi voltar ao padrão original de fábrica, ou seja, fazendo a usinagem no eixo e recolocando os rolamentos. Ñ sei se isso aconteceu com vcs, ou se tem outra solução para isso. abçs!

  16. Olá, Gledson.
    Comigo foi diferente, deu certo. Com o uso, a médio e longa tempo, é natural a necessidade de revisão, ou manutenção; hoje olhei as buchas, notei que uma delas está com folga, vou lavar a manga de eixo e tirar a folga. Com ralação ao alinhamento, tenho esse carro a quatro anos, e nunca fiz alinhamento, nem balanceamento, muito menos, cambagem; os pneus duram 30.000Km, nas rodas dianteiras, em média.
    Espero que você consiga uma solução sem alto custo.
    Forte abraço!

  17. Muito bom o post! Parabéns! Tenho um 206 ano 2002, ano passado em setembro troquei o eixo, me arrependo amargamente pq hoje um ano depois está pior do que ano passado,nao acho mecânico que queira trocar com as buchas só o eixo todo. Não sei se consigo fazer em casa, mas me animei a procurar um mecânico que faça. Vi que a empresa que vende as buchas faz a colocação, alguém poderia indicar mais algum lugar para fazer isso? Obrigada

      • Faz 3 meses que instalei a bucha branca.. Fiz um pouco diferente da maioria, coloquei a bucha e também a graxeira, Já rodei 5 mil KM lubrifiquei 2 vezes, e está 100% até o momento!

  18. Opa Juarez beleza, meu carro está com um barulho de ”NHEQUI NHEQUI” em uma das rodas traseiras, me falaram que são os rolamentos, porém meu eixo traseiro, é aqueles tem a ”graxadeira”, eu engraxo em uma empresa aqui a cada 2 meses, será que devo colocar essas buchas nos dois lados ? ou só no que está fazendo barulho? e outra, posso continuar engraxar como venho engraxando?

    Obrigado

  19. Boa noite, juarez
    Tenho um peugeot 207 1.6 16v e a cerca de duas semanas, notei que a traseira ta balançando. Levei pra ver se era balanceamento e foi detectado desgaste maior na parte interna do pneu. Será que a bucha é a mesma?

    • Boa noite, Matheus.
      É difícil saber a medida, a montadora não divulga. O que eu fiz foi tirar a medida com uma régua comum na parte interna de um rolamento para o meu modelo. Foi a maneira que encontrei.
      Forte abraço!

  20. Bom dia.
    Juarez comprei um eixo na (KA-IMPORTS), pelo valor de R$ 380,00 a base de troca, o eixo ainda continua com o barulho mas em vez de ser metálico é plastico.
    Já fui lá quatro vezes me trocaram por outro eixo e o barulho ainda continua, a garantia de seis meses já acabou e o barulho continua.
    Na minha opnião estas buchas não funcionam, e o eixo voltou a ter folga.

    • Amigão boa tarde,talvez seu problema não esteja no eixo e sim nas buchas que prendem o eixo é um kit com 4 buchas tentar ver se a folha não está aí
      No meu estava com o eixo comigo troquei pelas buchas de nylon mas continuo a barulheira voltei e detectamos as buchas gastas são umas peças de ferro que por dentro tem borracha quando essa borracha fica gasta as rodas parecem tremer no carro até quando freia

  21. Olá Juarez!

    Meus parabéns pela sua iniciativa!!! Valeu mesmo!!!

    Sou proprietário de um 207 HB XRS 1.4 2010 e, estava sem dormir quando soube que teria provavelmente que trocar o eixo por causa desse erro de projeto.

    Vou encomendar as bucha, trocars e postar futuramente como esta o funcionamento.

    Só acho que a PEUGEOT, poderia fazer um recall, pois já li relato de acidentes com capotamento, causados por esse problema e, o reclameaqui, está cheio desses relatos, o que desvaloriza e muito nossos veículos.

    Abraços!

    • Olá, Marcello.
      Obrigado pelo comentário.
      Conheço proprietário de PEUGEOT que resolveu o problema trocando o rolamento, sem substituí-los pelas buchas, mas as buchas são mais fáceis de trabalhar, e se o eixo estiver comprovadamente danificado, elas são uma solução econômica e eficiente. Espero que dê tudo certo com o serviço.
      Forte abraço!

  22. Boa Noite Amigo, aquelas orelhonas q vai na barra q fica dentro do eixo não solta, tem um método mais fácil pra tirar elas.
    Agradeço obrigado e parabéns..

    • Não me lembro bem, já faz algum tempo que não mexo, mas parece-me que usei uma “chave estriada” para soltar um parafuso no centro dela e uma “chave de boca” para soltar uma porca na aba dessa peça que tem um formato de orelha. Se me sembrar de mais detalhes, ou se olhar novamente a peça, postarei aqui.
      Espero ter ajudado.
      Forte abraço!

  23. Alguém tem a indicação de uma oficina mecânica que possa instalar as buchas de nylon no eixo traseiro do Pegeout 206 e 207?
    Pelo que percebi aqui há certa resistência de muitos mecânicos em lançar mão dessa alternativa, que me pareceu bem interessante.

  24. Estou com este problema no peugeot 206 SW 2006 com 86300 km rodados. É uma pancada seca forte que dá atrás, em especial, quando não se está em um asfalto uniforme e liso. Fui num mecânico que adota a troca do rolamento ou leva o eixo para retificar, mas disse que pode ser, também, amortecedor. O que vocês acham??

    • Seu mecânico tem razão em mencioanor a possibilidade de ser um problema causado pelos amortecedores traseiros. Já com o espirito preparado para gastar algo perto de R$1.000 com a substituição dos rolamentos e a retifica das mangas de eixo, tive a grata surpresa de ver o mecânico constatar que os amortecedores traseiros estavam travados, o queo levou a considerar a hipótese de que as barras de torção estivessem sendo forçadas em razão disso. Os amortededores foram trocados e o “clack clack” no exio traseiro desapareceu.

  25. Juarez, boa tarde
    Fui nese sábado para fazer uma alinhamento em meu peugeot 206 e fui informada que minha roda traseira estava muito torta e com uma folga e com isso precisaria estar trocando o eixo completo o que depois de muita procura conseguir um orçamento de R$ 1.600,00.
    Porém ao ser indicada para procurar em um certo lugar o mecânico me perguntou o porque geria o eixo e expliquei toda a situação, que de um alinhamento recebi a terrível notícia dessa tal folga e que precisaria estar trocando o eixo traseiro completo, sendo assim, o mesmo foi até o meu veículo e o balançou e constatou que a roda não fazia nenhum barulho e não estava solta, o mesmo me informou que precisaria sim trocar esse eixo mas que não seria algo para hoje, que daria para me programar financeiramente para a tal troca, que levaria um bom tempo até o problema se agravar e ai sim efetuar a troca do eixo.

    Obs: Lembrando que meu carro não faz nenhum barulho, a única coisa é a roda um tanto arcada.
    Isso significaria que meu rolamento não quebrou?
    então porque precisaria efetuar a troca do eixo?
    Teria algo que pudesse fazer para evitar a quebra do rolamento?
    O que me aconselharia?

    Att, Pricila Ribeiro

    • Olá,Priscila.
      Os rolamentos se quebram pelo desgaste (vida útil); estando quebrados, sedem, e as rodas abrem a parte de baixo, e além disso, arranha o eixo, por isso as buchas são uma boa opção. Recomendo que procure outros mecânicos, afinal, eles são comissionados.
      Espero ter ajudado.

  26. Continuo com o barulho de pancada seca na traseira do peugeot 206 SW 2006. Fui num novo mecânico, depois de ir num que achou que poderia ser amortecedor e este novo mecânico olhou a inclinação traseiras das rodas(que não é muita) e disse que seria sim o eixo e eu teria que optar pelos 2 tratamentos, ou a troca do rolamento com a retífica do eixo ou a colocação das buchas. Continuo INSEGURO porque tenho medo de não ficar bom. Nunca um carro me deu tanta despesa quanto este peugeot, apesar de eu gostar do carro. Eu não gosto é de “toda hora” ficar gastando com manutenção. Alguém tem alguma indicação de um bom serviço aqui no Rio de Janeiro, nas proximidades da Tijuca/Pça da Bandeira

  27. E aí Juarez? O que você tem a falar sobre o meu caso? Será a ponta do eixo? Será só amortecedor? Os mecânicos dão opinião no olhar, sem verificar porque dá trabalho para verificar!

    • Olá, Wilson.
      Vou dar a minha opinião, mas lembre-se: não sou mecânico.
      O PROBLEMA: Existe um barulho (um tá, forte), uma pancada seca, como você descreveu. Aconteceu no meu 206 duas, ou três vezes. Geralmente quando passava num quebra-molas, ou em algum desnível, ou também saindo da garagem em marcha ré.
      O QUE EU FIZ: Pelo tipo do barulho pensei que o ROLAMENTO DA RODA estivesse quebrado, então, tirei o rolamento, e percebendo que ele estava perfeito, coloquei graxa nova, fiz um carinho nele e coloquei-o de volta para rodar. O que você acha que aconteceu? Digo-te que acabou a pancada seca.
      CONCLUSÃO: Fiz por duas ou três vezes esse procedimento, mas não sei se era o rolamento que estava seco ou algum problema no tambor, ou no mecanismo do freio de estacionamento (frei de mão), porém o que me parece mais provável é que o rolamento estivesse precisando de graxa.
      Volto a declarar: não sou mecânico, apenas estou compartilhando minha experiência na expectativa de colaborar com o próximo, ainda que este esteja distante.
      Forte abraço!

  28. Mas, Juarez, qual foi o problema/sintoma no seu 206 que fez você colocar as buchas nas pontas do eixo traseiro? Esta pancada seca, então, não seria o sintoma do desgaste das pontas do eixo traseiro, mas da necessidade de colocação da graxa no rolamento das rodas traseiras? Qual a diferença, para os mecânicos, da colocação da graxa no rolamento da rodas traseiras ou da colocação da bucha ou troca do rolamento do eixo/retífica da ponta do eixo? O seu 206 é SW como o meu? Você continua com este carro? Tinha quantos quilômetros? Andava em que tipo de rua? O mecânico que andou com o carro e ouviu esta pancada forte e seca atrás não disse que o problema seria a simples colocação da graxa e um outro que só viu, pelo mínimo desnível vertical das rodas traseiras cravou que seria problema do desgaste das pontas do eixo traseiro pela questão do rolamento do eixo que implicaria ou na colocação da bucha ou na troca do rolamento do eixo com a retífica das pontas do eixo? Mas quanto a esta última situação o “Dr. Carro” disse que o melhor mesmo seria a troca do eixo! Obrigado e um abraço.

    • Olá, Wilson.
      Fiz a opção pelas buchas antes de levar para mecânicos para não correr o risco de me falarem que não daria para colocar novos rolamentos. As rodas estavam abertas inferiormente e trepidavam mesmo em asfalto bom, ao tirar a manga de eixo percebi que os rolamentos do eixo estavam quebrados, neste ponto eu já havia comprado as buchas.
      A questão do engraxamento do rolamento da roda é totalmente diferente, refere-se à tal pancada seca (se é que estamos falando da mesma coisa).
      Eu continuo com o carro.
      Forte abraço.

  29. Juarez, Então no seu caso você colocou as buchas, unicamente, pelas rodas estarem abertas inferiormente e estarem trepidando? O problema da pancada seca e forte quando se passa num desnível ou num buraco é problema específico do rolamento das rodas? Porque no meu peugeot 206 SW não há trepidação das rodas, mas pancada seca quando não se está num asfalto bom. A pancada seca e forte não se refere ao eixo traseiro?

  30. Juarez! O rolamento da roda não vai em cima do eixo. Tem o rolamento da roda e o rolamento do eixo. A pancada seca e forte, quando você passa num desnível ou quando eu desço da minha garagem, afinal de contas, então, ao contrário do que os mecânicos falam seria ligado ao rolamento da roda? É o rolamento da roda que estraga a ponta do eixo? Abraços e obrigado

  31. Alguém conseguiu resolver o problema da suspensão “travada”?
    Meu mecânico fez a aplicação das buchas e apenas um dos lados está com a suspensão assim, não amortece nada, o carro parece trator andando só balança por conta do pneu.

  32. Finalmente, decidi por um mecânico na Pça da Bandeira, aqui no Rio de Janeiro e após verificação o mesmo apontou que teriam que ser trocadas as buchas das barras de torção traseiras e só um kit de rolamento de um dos lados. A pancada seca e forte acabou. Continua, apenas, um barulho, diferente da pancada seca e forte, mas o mecânico não condenou o eixo traseiro e nem achou que precisaria ser levado a um torneiro mecânico. Gastei R$800,00 com este serviço. Um dia depois, a alavanca ou haste do trambulador fez com que a marcha só engatasse a 3ª e a 4ª e mais uma novela, já que o mecânico queria que eu colocasse as 2 hastes menores originais, o triplo do preço e só achada em concessionária peugeot. Optei pelas hastes paralelas, que eu já tinha trocado a haste maior, do conjunto de 3, há 3 anos atrás e está durando até hoje.
    Um abraço ao Juarez e a todos os angustiados proprietários de peugeot!!!!!!!!
    Espero colaborar com estas informações!!!

  33. Galera, alguém me ajuda, minhas rodas traseiras estavam tortas, fui no mecânico e ele disse sobre os rolamentos traseiros, pesquisando na internet, descobri sobre a tal bucha de nylon, porém depois de efetuar a troca, o carro parece carro rebaixado, fica balançando e quicando muito…uns falaram q é normal e que com o tempo passa..eu tô achando q a traseira ficou mto baixa….

  34. OLÁ JUAREZ, ME CHAMO ELTON, E MORO NO RJ.
    ACHEI SEU COMENTÁRIO MUITO IMPORTANTE, POIS PAGUEI R$500 PARA SUBSTITUIÇÃO DOS ROLAMENTOS E O PROBLEMA PERMANECE E AINDA COM UM BARULHO MUITO MAIOR.
    TENTEI COMPRAR AS BUCHAS PARA SUBSTITUIR NO MEU PEUGEOT 207 PASSION ANO 2010, SÓ QUE EXISTE DUAS MEDIDAS, UMA 47mm E A OUTRA 50mm, SÓ QUE NEM O MECÂNICO SABE A MEDIDA, DISSE QUE SÓ APÓS A RETIRADA DO ROLAMENTO É QUE ELE TEM COMO VER A MEDIDA ATRAVÉS DO EIXO, SÓ QUE A BUCHA EU SÓ CONSIGO COMPRAR PELA INTERNET E LEVA APROXIMADAMENTE 5 DIAS UTEIS PARA CHEGAR APÓS CONSTATADO O PAGAMENTO, ENTÃO, EU ME ENCONTRO NESSA DIFICULDADE, VOÇÊ SABE ME ORIENTAR COMO DESCOBRIR ESSA MEDIDA SEM QUE SEJA NECESSÁRIO A DESMONTAGEM?
    TENTEI PROUCURAR NA INTERNET A MEDIDA INTERNA DO ROLAMENTO MAS NÃO ACHEI.
    DESDE JÁ MUITO OBRIGADO!
    Att.: ELTON

    • Olá, Elton.

      Eu também tive dificuldades para descobrir as medidas das buchas, ou dos rolamentos. Leia com atenção:
      Fui a uma autopeças, que também é oficina, e o vendedor me disse: este é o rolamento do Peugeot 206 1.4, pois fizemos este serviço na semana passada. Então eu pedi a ele uma régua comum e o rolamento, tirei a medida interna do rolamento e constatei, 47mm. Agradeci ao gentil vendedor, e comprei as buchas pela internet, aliás fui muito bem atendido pela AMORTEL (empresa que me vendeu as buchas).

      Outro ponto: trocar as buchas não é difícil, eu que não sou mecânico as troquei, difícil é tirar os rolamentos quebrados que se fixam na “manga de eixo”. Portanto não precisa ser um mecânico experiente nesse tipo de serviço, mas tem que ser um mecânico que goste do que faz, ainda que seja aprendiz, acredito que estes tem maior compromisso com o resultado.

      Obrigado por participar.
      Forte abraço!

  35. Ola Juarez, parabéns pela iniciativa,
    Sou proprietário de um 206 1.4 presence ano 206, excelente carro quando ainda estava por decidir já me informei que os custos de manutenção para esse veiculo seria diferenciados, porém de cara já apresentou o mesmo problema relatados pelos amigos, e também estou encontrando dificuldades para encontrar mecânicos adeptos a pratica da bucha, e a diferença entre valores do eixo recomendado e as buchas são extremamente gritantes. a indicação de recuperação do eixo sai por 1.400,00…
    temos alguém na RMBH que possa indicar uma oficina/mecânico?
    Obrigado e abraças a todos.

  36. Pessoal, muito legal esse blog! Olha eu sei que muitos são adeptos das buchas, mas independente do uso de rolamento ou da bucha se não trocar a ponta do eixo desgastado a folga vai continuar lá e muito brevemente a suspensão voltará a bater (como alguns acima se queixam que só usar a bucha ainda não resolveu 100%). Encher de solda vai durar um pouco mais, mas a solda é mais macia que a têmpera que é feita originalmente e vai desgastar/bater daqui um tempo, não tem jeito!

    Bem, para quem estiver interessado, tenho a disposição a ponta do eixo novo:
    (http://rs.olx.com.br/regioes-de-caxias-do-sul-e-passo-fundo/veiculos/pecas-e-acessorios/carros/eixo-reposicao-suspensao-traseira-peugeot-206-207-127425016 )
    e peço que encontrem um mecânico que realmente faça a troca desta ponta de eixo (não precisa trocar o eixo completo!) e coloque rolamentos novos (e a bucha) se for o caso, aí terão o sua suspensão traseira igual ao veículo novo e sem dor de cabeça.

    Nota: aqui na minha cidade o serviço de troca do eixo + rolamentos gira em torno de 600,00 a 700,00 (o eixo eu vendo em separado).

    Espero estar ajudando e um abraço a todos.

  37. Olá pessoal, tenho um 206 ano 2006 e um tempo atrás um cara me deu sinal de que a roda estava caindo, realmente ela estava toda folgada e mole, dava pra balançar com a mão, daí levei no mecânico e os rolamentos tinham ido pro saco. Retirando as mangas, percebemos que o eixo havia se desgastado, daí ele deu a “brilhante” ideia de embuchar com celeron, pois este material era o mesmo sitema de suspensão de alguns carros antigos. Caí na lábia dele e paguei R$350,00 para tornear o eixo e as buchas, mais R$200,00 do celeron e R$200,00 de mão de obra. Ficou uma bosta, dura e rangendo muito, um barulho insuportável e todo mundo ficava olhando. Voltei no mecânico e ele ficou 1 mês engraxando toda semana até que me zanguei com ele. Fui até um desmanche e comprei outro eixo por R$600,00 e mandei, sim mandei e exigi que ele trocasse sem custo, paguei apenas pelos rolamentos. Após 1 ano percebi que as rodas traseiras estão abertas e acho que vou ter o mesmo problema em breve, por isso estou pensando seriamente em comprar logo essas buchas. Será que pode ser outro problema sem relação com este defeito???

    • Olá pessoal, enfim coloquei as buchas. Aparentemente ficaram ótimas, vou monitorando agora. A única coisa foi que a suspensão ficou um pouco dura, mas nada demais ou que incomode. Também ficou um barulho na barra quando balança o carro, mas também nada que me incomode, deve ser a bendita barra que o pessoal coloca silvertape. Gastei R$150 pra colocar as buchas.

  38. Boa tarde o meu sw faz barulho qdo esta sem peso na traseira agora colocando 3 pessoas a traz já não faz tanto já coloquei a bucha de nylom mais o barulho permanece sera que as buchas da suspensão sendo trocadas me ajudariam a sanar o barulho?

    • Bom dia Fábio. Eu não entendi a sua colocação desculpe, se vc já colocou a bucha de nylon, de que buchas da suspensão se refere?

  39. Somente queria compartilhar com vocês que esse problema do 206 não é exclusividade do Brasil, no youtube tem vários vídeos em francês, inglês e até russo de como trocar esses rolamentos, esse eu achei bem passo a passo e deve ajudar quem quiser trocar os rolamentos por buchas ou ainda voltar a colocar rolamentos. https://www.youtube.com/watch?v=jY8n8gqnB0w.

    Outro vídeo interessante: https://www.youtube.com/watch?v=jIQVIJ8zPfE (e nesse caso adicionaram graxeira para aumentar a vida útil do rolamento)

    Agora se a manga do eixo estiver marcada pelo rolamento (fica uma marca de dentado), usando buchas ou rolamentos (aí é rasgar dinheiro) não vai ter durabilidade porque o sistema vai trabalhar ou folgado ou com esse dentado ‘comendo’ a bucha.

    Ahh, marquem bem a posição das barras estriadas (são as barras estabilizadoras) é aí que vai dar o conforto em curva e estabilidade…senão fica um lado caído como reportado pelos amigos acima.

    Espero ter ajudado a vocês,
    Gilmar P.

    • Bom dia Gilmar. Estou rodando com as buchas de nylon, já andei 2000km e ainda estão justas. Referente ao dentado que se refere, certamente tem razão em partes, pois verifiquei que a bucha de nylon ela tem uma área de atrito um pouco maior que as do rolamento, desta forma ela adere também a parte “boa” e lisa do eixo. Por enquanto está funcionando, o único “problema” é que o carro fica um pouco duro, já que não é nada como original o custo benefício está compensando. Vou monitorando e informando o pessoal. Quanto aos barulhos que tinha comentado anteriormente, são 3 parafusos das barras e uma chapa que tem no topo do eixo que se afrouxam, reapertei e acabaram os barulhos. Não saiam trocando tudo não, pode ser nesses parafusos realmente. Atenciosamente.

  40. Bom Dia Juarez!
    Comprei recentimente o Peugeot 206 e já verifiquei que existe uma folga entre o eixo e a manga, gostaria de saber quanto tempo vc ja rodou com o carro após ter instalado a buchas?

    • Boa noite Giovane, o teu Peugeot com certeza tem o eixo diam. 47,0. Ao que sei somente as SW e o Sedan freio a disco são diam 50,0 (quanto ao hatch freio a disco já ouvi que é 50,0 e meu mecânico disse que foi 1 na oficina dele e que o eixo era o de 47,0mm).

  41. Pessoal, se eu troca em casa coloca a bucha isso nao tem risco da manga solta fora, que nao tem onde prende a manga so na barra mesmo e no amortecedor.

  42. Boa tarde Juarez. Essa semana mandei fazer esse serviço no meu 206sw, porem asuspensao traseira ficou dura demais…parece q estou andando de carro reibaxado. Nao sei se foi alguma montagem errada do mecanico. Por acaso vc tem alguma ideia do que possq estar causando isso? Obg

    • O meu também era muito duro com as buchas. Estava batendo seco dentro do carro, essa semana cansei e comprei um eixo retificado na torneadora com rolamentos paraleos por 600 reais. Ficou ótimo, igual original e me deram 6 meses de garantia. Como eu lambo o carro, cuido muito, nao pego buracos nem estrada de chao e nem carrego peso atrás, espero que dure uns 2 anos. Boa sorte e não desista do carro…

  43. Juarez, primeiro parabéns pela ajuda. Você não faz ideia de como está ajudando vários donos de peugeot…. Tenho um 1.4 xr sport. Gosto do carro. Antes eu tinha as buchas instaladas, mas a traseira ficou muito dura, quicando igual carro rebaixado. Daí achei uma oficina aqui no DF especializada em franceses, a PATUREBA. Troquei o eixo todo lá a base de troca, ficou 600 reais mas usando os rolamentos paralelos. Eles me deram 6 meses de garantia e como eu não carrego peso na traseira, não ando em estrada de terra e em buraco, espero q dure pelo menos 2 anos esse serviço. Aqui em Brasilia falam muito bem deles, então espero q dê certo. De cara o carro ficou ótimo, suspensão macia, igual original. Como eu tenho filho pequeno não gostei das buchas por causa da dureza, pra vc ter idéia eu andava com 23 libras nos pneus pro carro ficar mole e uma das rodas deu folga e perdeu a cambagem…. Fica a dica pro pessoal de Brasília. Um abraço.

  44. Juarez boa tarde, tenho um 206 quilksilver e estou passando pelo mesmo problema e ja tentei substituir os rolementos pelo de nylon, pois minha suspensao ficou muito dura.
    o que pode ter acontecido?

    • Olá, Fábio.
      Acredito que seja nas barras estriadas (dois eixos que unem as mangas). Teria que marcá-las na retirada, mas como já está feito, tem que recolocá-las de forma tal que elas funcionem como molas. Quando eu fiz o serviço, encaixei-a com a manga de eixo solta, depois, tive que pressionar com o macaco para encaixar no amortecedor (perigoso).
      Obs.: Não sou mecânico e não dou dicas, apenas relatei o que eu fiz e faço no meu carro para economizar e porque gosto. A orientação de um profissional pode ser fundamental.
      Forte abraço!
      Obrigado por participar.

Comentários e perguntas - acrescente sua cidade e estado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s