Harmonia Tradicional

Harmonia tradicional é a harmonia sob uma ótica plena do ponto de vista da escrita musical, ou seja, uma prática de análise dos conceitos harmônicos sem separá-los do conceito musical como um todo. A escrita, em pauta musical, de eventos como passagem, apojatura, retardamento, bordadura, antecipação e escapada, permanece envolvida no contexto da visualização dos caminhos da condução das vozes. Este aspecto metodológico passou a fazer parte de um conceito “tradicional” da harmonia, com tendência a focar sua aplicação na música de concerto de origem européia, todavia, a “harmonia tradicional” tem um horizonte de aplicação renovado dentro do crescente número de orquestras de câmara que surgem em reação ao declínio das grandes orquestras causado, sobre tudo, pela dificuldade em mantê-las.

Resumidamente, o que se pode afirmar é que o material tradicional da teoria da harmonia permanece em uso nos conceitos musicais modernos jazzísticos e similares do século XX, porém, voltada para a aplicação em instrumentos modernos e na simplificação prática, ao custo de uma uniformização da textura resultante, limitado-a na melodia única, na harmonia em blocos e na extrema diminuição do uso da escrita musical em pauta.

Anúncios

Comentários e perguntas - acrescente sua cidade e estado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s