Arpejos: Rápidos, Dedilhados e Melódicos

Arpejos são acordes tocados nota a nota, o que cria uma relação muito forte entre a melodia e a harmonia. Podemos utilizar essas técnicas nos arranjos de melodia acompanhada já que tocando o arpejo estamos tocando o próprio acorde. Os arpejos são classificados de três formas: arpejos rápidos, arpejos dedilhados e arpejos melódicos. A execução harmônica com arpejos rápidos é a forma mais comum utilizada na execução com palheta, embora o formato de arpejos dedilhados também seja utilizado. Arpejos dedilhados são todos formados com padrão rítmico regular, com as notas do acorde distribuídas ao longo do tempo dos compassos, semelhante à maneira do baixo de Alberti, ou Baixo Alberti, nas amplas formas de apresentação. Arpejos melódicos são formados com notas do acorde executados em linha melódica como as escalas empregadas na improvisação e criação de arranjo, executado em forma de baixo cantante na textura homofônica ou contrapontístico na textura polifônica. 

Anúncios

Comentários e perguntas - acrescente sua cidade e estado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s