Características Sonoras

Uma fonte sonora produz o som que é resultado de uma série de vibrações, que chega aos nossos ouvidos através do ar na forma de ondas sonoras. A medida usada para calcular a intensidade (volume) do som é o decibel (dB). Os termos: forte e fraco, e suas variações, se referem à intensidade sonora (volume). Uma conversação normal tem medida, entre 60 e 70 dB, e a intensidade no rock pauleira mede 110 dB aproximadamente. Intensidade acima de 120 dB pode causar danos aos tímpanos, inclusive a surdez.

Dinâmica é o nome dado às variações de intensidade na composição musical.  Algumas músicas apresentam variação ou variações de dinâmica, outras mantêm a mesma intensidade do início ao fim. A velocidade das vibrações, geradas pelas fontes, determina a freqüência do som (a altura) que possui uma unidade de medida chamada hertz (Hz).  É usando essa unidade (Hz) que afinamos os instrumentos. Os termos alto e baixo podem se referir a som agudo e grave (altura medida em Hz). Alto ou baixo (volume) se referem à alta ou baixa intensidade do som (dB). Sons com freqüências acima de 20 000 Hz são tão agudos que não podemos ouvi-los e são chamados   sons ultra-sônicos

Cada nota musical possui uma frequência específica. O afinadores eletrônicos demonstram isso com clareza. Timbre é a característica sonora, que nos permite identificar e diferenciar os sons. O timbre torna o som individualmente caracterizado. Densidade sonora é a quantidade de sons simultâneos que ocorrem num ambiente.

Anúncios

Comentários e perguntas - acrescente sua cidade e estado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s