“A Complexidade do Cristianismo e sua origem, fases, atualidade e projeção”  

A palavra cristianismo é de fácil definição, porém, as diversas formas de interpretação dos textos bíblicos, que são a fonte da fé cristã, impõem grande complexidade à prática dessa crença; a diversidade de formação teológica, o pluralismo na interpretação, dentro dos subgrupos religiosos, e os temas polêmicos divergindo os biblistas, expõem claramente essa complexidade.

Complexo: adj (lat complexu1 Que abrange ou encerra muitos elementos ou partes. Que pode ser considerado sob vários pontos de vista. 3 Complicado. (Dic. Michaelis)

Diante disso, alguns cristãos buscam ampliar e apurar o conhecimento para rever e atualizar sua interpretação bíblica, enquanto outros, preferem  praticar e defender alguma fonte dogmática institucional.

O que proponho é uma análise contextual sobre quatro pontos dessa complexidade: origem, fases, forma atual e projeção; dando ao leitor a liberdade e o estímulo para livre interpretação, partindo da inexistência ou imparcialidade conceitual e respeitando as opiniões, que são diversas. 

Considerando que em Antioquia os discípulos foram chamados cristãos pela primeira vez (Atos 11.26), que Jesus Cristo iniciou seu ministério e originou o cristianismo (Lucas 3.23), e que João Batista anunciava esse ministério (Lucas 3.16), conclusivamente, podemos extrair do Novo Testamento a base inicial do tema proposto “A Complexidade do Cristianismo”.  

  • Origem

João Batista disse a Jesus: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim? Mt 3.14 João Batista manda seus discípulos perguntarem a Jesus: És tu aquele que estava para vir ou havemos de esperar outro? Mt 11.3

Jesus perguntou a seus discípulos: Quem dizem as multidões que sou eu? Lc 9.18 Responderam eles: João Batista, mas outros, Elias; e ainda outros dizem que ressurgiu um dos antigos profetas. Lc 9.19 Mas vós, perguntou ele, quem dizeis que sou eu? Então falou Pedro e disse: És o Cristo de Deus. Lc 9.20

Gamaliel disse: Israelitas, atentai bem no que ides fazer (matar) a estes homens (os apóstolos). Atos 5.35  Dai mão a estes homens,  deixai-os; porque, se este conselho ou esta obra vem de homens, perecerá; mas, se é de Deus, não podereis destruí-los, para que não sejais, porventura, achados lutando contra Deus. At 5.38 e 39

Pedro disse aos apóstolos e presbíteros na reunião em Jerusalém: Por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais puderam suportar, nem nós? At 15.10 

  • Fases
O Ministério de Jesus Cristo

Jesus disse numa sinagoga após ler Isaias 61 (O Espirito do Senhor está sobre mim…): Hoje, se cumpriu a Escritura que acabais de ouvir. Lc 4.21 Aproximadamente três anos após (Lc 3.23), ele exclamou: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito! Lc 23.46 Dois anjos disseram às mulheres que levavam aromas ao túmulo alta madrugada: Ele não está aqui, (túmulo) mas ressucitou. Lc 24.6 Aconteceu que, enquanto os abençoava, ia-se retirando deles, sendo elevado para o céu.  Lc 24.51 

O Ministério dos Apóstolos, Presbíteros e Diáconos

Com grande poder, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus. At 4.33 Judas escreveu: Lembrai-vos das palavras anteriormente proferidas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo  Jd 17 Os doze apóstolos: Não é razoável que nós abandonemos a palavra para servir às mesas. (as viúvas) At 6.2 Mas, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria (diáconos), aos quais encarreguemos deste serviço. (cuidar das viúvas) At 6.3 Paulo a Tito: Por esta causa, te deixei em Creta, para que pusesses em ordem as cousas restantes, bem como, em cada cidade, constituísses presbíteros, conforme te prescrevi. Tt 1.5 Pedro aos cristãos que eram judeus dispersos por províncias romanas na Ásia Menor: Rogo aos presbíteros que há entre vós, eu, presbítero como eles, e testemunha dos sofrimentos de Cristo, e ainda, co-participante da glória que há de ser revelada: 1Pe 5.1 pastoreai o rebanho de deus que há entre vós, 1Pe 5.2

  • Forma Atual

Disse Jesus aos discípulos: Vede que não sejais enganados; porque muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu! E também: Chegou a hora! Não os sigais. Lc 21.8 Quando ouvirdes falar de guerras e revoluções, não vos assusteis; pois é necessário que primeiro aconteçam estas coisas, mas o fim não será logo. Lc 21.9

  • Projeção

 

Anúncios

Comentários e perguntas - acrescente sua cidade e estado

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s